O que você precisa saber sobre pesquisa de clima organizacional?

Para muitos o trabalho é um local onde se constroem relacionamentos com outras pessoas, onde se busca um sentimento de pertencimento, algo para se evitar a monotonia, fazer com que a vida tenha um sentido e um objetivo.

O trabalho tem sentido para uma pessoa quando ela o acha importante, útil e legítimo. (Morin, 2001, p.10)

Neste sentido a satisfação com o trabalho é formada diariamente com a convivência entre as pessoas, a disciplina ao se seguir regras e políticas organizacionais, o alcance de padrões de desempenho, validações da execução do trabalho e aceitação das condições de trabalho.

Assim, o clima organizacional de um órgão público é muito importante e reflete diretamente sobre o comportamento dos servidores, principalmente sobre os valores e atitudes do órgão público.

O clima organizacional é evidenciado claramente por meio da percepção dos que ali trabalham, desta forma é considerado mensurável por meio de medidas objetivas e subjetivas, podendo então a partir dos resultados alcançados, ser modificado e adaptado por parte da administração.

Um servidor altamente satisfeito com o trabalho e com a organização apresenta atitudes positivas em relação ao que faz, cooperando para manter a qualidade, transparência e o nome do órgão ao qual trabalha. Já um servidor insatisfeito traz à tona uma série de atitudes negativas, como reclamações, insubordinações e até mesmo fuga da responsabilidade, causando um transtorno para o dia a dia do trabalho.


O que é Pesquisa de Clima Organizacional?

A Pesquisa de Clima Organizacional é uma ferramenta validada para gestão de pessoas, para identificar padrões comportamentais e desafios de convivência, pautada na comunicação aberta entre os servidores, da qual é possível propor ações para melhoria na motivação, convivência e resultados de uma organização.

Essa pesquisa é um diagnóstico e pode ser realizada de diversas formas, sendo adaptável à cultura organizacional em que será aplicada.

Tem o formato de questionário, não demanda muito tempo dos servidores que irão realizar, tem a opção de anonimato e não é construída somente para levantar situações negativas, também auxilia e inclui as conotações positivas, levando o servidor a refletir sobre os pontos bons de si mesmo e dos companheiros de trabalho.

Seu resultado gera um leque enorme de possibilidades e ações efetivas para minimizar conflitos, melhorar a relação pessoal entre servidores, diminuir o estresse do trabalho e influencia diretamente no nível de produtividade e qualidade de entrega, principalmente ao usuário final do serviço, melhorando consequentemente a imagem do órgão público.


Quais as principais contribuições de uma Pesquisa de Clima Organizacional?

Com essa pesquisa podemos listar algumas principais contribuições:

  • Buscar alinhamento da cultura organizacional com as ações efetivas do órgão público.
  • Possibilitar a comunicação dos servidores.
  • Desenvolver profissionalmente o servidor.
  • Proporcionar o crescimento coletivo dos servidores.
  • Integrar os processos e as áreas.
  • Elencar as necessidades de desenvolvimento pessoal dos servidores.
  • Organizar e flexibilizar as atividades do órgão público.

E por que utilizar a pesquisa de clima organizacional em tempos de pandemia?

Sabemos que nosso cenário atual é de incertezas e imprevisibilidade devido à pandemia e as ações que estão sendo tomadas para precauções das quais o ser humano não estava acostumado.

Desta forma, muitas mudanças abruptas aconteceram no ambiente trabalho ao qual os servidores estavam acostumados, e também em suas vidas profissionais.

Diante de incertezas, angústias, pressões e dúvidas como está sendo desenvolvido o trabalho?

Como estão esses servidores lidando com uma mudança repentina de rotina, de afastamento do seu convívio profissional? Quais os sentimentos que estão surgindo neste momento? Quais os seus maiores desafios?

Quem são os que estão trabalhando por home office ou teletrabalho, como estão se sentindo nesse momento? Quais suas maiores dificuldades?

E os que estão afastados por não terem função de teletrabalho ou de exigência devido a pandemia? O que estão pensando? O que estão realizando?

Como estão aqueles que estão se arriscando em suas funções no atendimento ao público, principalmente na área de saúde e segurança?

E os processos que foram minimizados, suspensos por um período? Como estão os controles destes processos?

Como estão os líderes lidando com a adaptação forçada? Como estão seguindo o planejamento estratégico?


Essas são perguntas que por meio de uma Pesquisa de Clima Organizacional são possíveis de responder e mensurar.

O resultado dessas respostas gera ações estratégicas de melhoria, planejamento para um novo cenário mundial que está surgindo.

A partir desse ranking de necessidades, mensurado, validado e específico do órgão é possível harmonizar o clima e manter saudavelmente a cultura organizacional, o qual tem como fim o atendimento prioritário e de qualidade da população.

A forma como a Gestão de Pessoas trabalha demonstrando a importância que o servidor possui para o órgão, atualmente, é de suma importância para a construção de um novo tempo.

Eu sou Dinamar Makiyama, Diretora Executiva da Makiyama Consultoria, e convido você para entrar em contato com a nossa empresa e saber mais sobre os nossos serviços em mentoria, treinamento e consultoria para o setor público. Principalmente, a nossa ferramenta de PESQUISA DE CLIMA ORGANIZACIONAL EM TEMPOS DE PANDEMIA, destinada a coletar dados a fim de identificar a percepção dos colaboradores sobre o ambiente de trabalho neste novo momento de adaptação. Esperamos por você!

E se você gostou deste artigo ou ficou com alguma dúvida, não esqueça de deixar o seu comentário aqui abaixo!

Se possível, comente ou indique assuntos que gostaria que tratássemos nos próximos posts!

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.